Você está navegando na categoria: "Beleza"

24
jul
2014

Arno auto style: meu primeiro modelador de cachos!

Beleza, Cabelo

Eu me fiz algumas promessas para 2014 e tenho consciência que duas delas vão parecer realmente fúteis para vocês, mas para minha auto estima, para o universo do meu trabalho e para o blog, não são.

Foram elas: me maquiar mais e melhor (arriscando mais, testando mais e ousando mais) e aprender a fazer diferentes efeitos no meu cabelo e sair da escova normal para uma escova mais modelada, com cachos na ponta ou mesmo cachos por todo o cabelo.

Ando brincando bastante na maquiagem e estou adorando, e dividir essas minhas experiências com vocês é algo que está nos meus planos de um futuro breve.

No quesito cabelo acho que já deu para notar que estou um pouco mais desinibida. no instagram, por exemplo, algumas pessoas andaram comentando isso. E esse é o tema de hoje, minhas novas brincadeiras para produzir o cabelo.

No início, peguei emprestado um baby liss fininho de uma amiga e, de outra, experimentei o “pseudo miracurl” da Conair, que por incrível que pareça, resultaram em ondas bem diferentes.

De cara optei por comprar um baby liss, não tão fino quanto o que eu havia testado, mas um médio. Ainda quero ter um fininho, mas por enquanto, as minhas economias foram direcionadas a um modelo com mais tecnologia.

autostyle

Meu modelador, pomada para queimadura e dois dos bons protetores térmicos que tenho usado.

Busquei um que fosse prático, confiável (em termos de material e proteção do fio) e de qualidade. Após algumas pesquisas, vi esse vídeo do Garotas Estúpidas e resolvi comprar um igual ao da Camila, só que com a intenção de usar a função “automática” dele.

Como babyliss é uma marca, a Arno chama esse modelo de “Modelador Arno Professional Beauty Auto Style“. Nesse nome de família real, o que realmente importa é a informação “auto style” ,pois existe uma função que gira no sentido horário e anti horário automaticamente. A Camila conta no vídeo que não usa, eu já testei das duas formas e para mim, são dois cabelos completamente diferentes – o que é um ponto super positivo, já que o aparelho acaba me dando mais opções de cachos.

Eu pesquisei MUITO qual aparelho comprar e acabei optando por esse por esquentar bastante e ter um revestimento que me pareceu evoluído. No site, eles afirmam que o revestimento Ultrashine Nano Ceramic e Turmalina garante brilho natural aos fios e protege a fibra capilar ao mesmo tempo. No meu caso, proteger a fibra capilar é o fundamental. Ele tem duas temperaturas, 1 e 2, sendo que a 2 chega a 210ºC, o que me seduziu completamente, mas confesso que na prática eu achei a 2a. temperatura muito quente.

Na primeira vez que eu testei, usei o modelador na temperatura 2, sem a função de “giro automático”, no sentido contrário que a Camila comenta no vídeo e deixando o bastão quente no sentido da minha testa… Adivinhem o que aconteceu quando eu estava terminando o cabelo? Uma queimadura tensa! Na mesma hora liguei para a Dra. Vanessa Metz, que me deu a receita de uma pomada chamada “Dermazine” que solucionou o caso com o passar de poucos dias. Sim, essas coisas super acontecem comigo.

Como investi “pesadinho” no aparelho, resolvi que iria aprender a lidar com ele e, de fato, estou ficando cada vez melhor. Tenho testado diferentes protetores térmicos para não acabar com minhas pontas e usando sempre na temperatura 1. Tenho tentado deixar o meu pulso perto da testa e o bastão de calor para baixo (quando não uso a função automática). Aos poucos estou pegando o jeito e, quem sabe, em breve não rola um vídeo (quando eu estiver fera, claro!)?

Eu estou adorando esse babyliss da Arno, acho que foi uma das melhores compras que fiz nos últimos meses. No entanto, continuo empolgada para comprar um “Miracurl”, seja o da Babyliss (que postei aqui) ou da Conair (esse do Passando Blush). Também adorei um modelador super diferente que a Camila Coelho postou no canal em inglês lá no Super Vaidosa. Ou seja, daqui a pouco vou ter uma coleção se eu não me controlar #calmajoana

Quem me conhece sabe que eu não sou a louca das compras, mas não posso negar que quando o assunto é preservar o cabelo, cuidar dele e deixá-lo mais bonito, eu perco a noção. Tenho certeza que preciso dos 3 aparelhos em casa, além da minha escova que esquenta e do meu secador Parlux . Sendo assim, não me tomem como padrão, levem daqui a experiência com esse aparelho que andou esgotado mas voltou para os estoques.

Agora voltando ao “pseudo babyliss”, eu resolvi compartilhar com vocês as dicas de vários blogs que deram super certo pra mim:

- Não passar muito condicionador & leave-in antes.
- Secar o cabelos com as mãos, e não com o secador, afinal, em teoria não podemos fazer nada nele molhado.
- Passar mousse na raiz quando quiser mais volume.
- Quase ninguém fala em protetor térmico mas para mim é fundamental, já que minhas pontas começaram a sentir com essas brincadeiras modeladoras. Assim que terminar de testar uns 2 ou 3 que estou usando agora, vou falar nisso por aqui.
- Usar spray fixador
- Fazer no dia seguinte. Meu cabelo seca liso, então, se eu fizer o cabelo no dia seguinte dá super certo e até segura mais, no entanto ainda não conversei com a Jussara para saber se isso estraga os fios ou aumenta a chance de danificar. Ainda assim, passo o protetor imediatamente antes de começar com o modelador.

Alguns produtos que estão na minha lista do momento são: essa linha Bossanova da Cadiveu que a Ca contou aqui e o Small Talk da Bead Head que a Carol postou no TDN. Acho que ambos serão produtos que poderão me ajudar nesse momento.

Assim que eu estiver PHD em cachos (com cabelo protegido), vou fazer um vídeo ou fotografar os passos que faço para mostrar pra vocês. Enquanto isso, vou dividir apenas os resultados finais:

fotos cabelos cacheadosEspero que eu encerre 2014 com uma maior versatilidade neste meu cabelo alisado, isso acontecendo, eu vou dividir tudo com vocês!

Quem tiver boas dicas de produtos ou aparelhos com essa finalidade pode compartilhar comigo. Eu vou adorar!

Beijos

22
jul
2014

Ringue da beleza: batons do 1º semestre

Beleza, Make-up

Amei o post do ringue de beleza de “lip balms” que a Carlinha fez! Amei tanto essa batalha que resolvi colocar alguns produtos para competirem entre si também. Selecionei os batons finalistas donos do meu coração, todos os que foram mais do que reincidentes nas minhas makes nesse primeiro semestre do ano.

batom-nude

Batons na luz natural, fotografados com o Iphone.

Comecei pensando em falar só dos neutros, mas não consegui. Foquei neles, mas tive que incluir dois de cores mais fortes.

O primeiro grupo é dos nudes, cores de boca e outros tons claros.

batons-neutros-joana

Os batons com a cor ajustada no Photoshop.

0. 2 Brilhos Lip Gloss da Nars: Ganhei os dois e nunca imaginei que eles poderiam acertar duas cores melhores. As duas se chamam Belize e Stella, a Belize é mais clara, mais neutra e eu uso mais, quase um cor de boca. O outro gloss é a cor Stella, um pouco mais forte e menos sútil, mas eu uso bem também.

1. Batom nude da Luiza Gomes para a Tracta: esse chegou há poucos dias e eu não paro de usar. Pra mim, é o cor de boca (clarinha) que eu mais amo para makes de olhão. E achei o custo benefício ótimo, ele custa R$21,69.

2. Batom Phebo cor Goiaba: Essa é uma das cores que eu mais tenho usado há pelo menos 3 meses. Ele é um cor de boca um pouco mais escuro, com um acabamento matte. A fixação é ótima e a aplicação também.

3. Batom Fast Play da M.A.C. : A primeira vez que usei o da minha mãe, há anos atrás, eu não amei. Queria algo “nude” e achei escuro demais. Há alguns meses ela me deu uma caixa e falou ” testa agora, você está usando cores assim”. Fiquei impressionada como ele realmente era próximo do “Dolce Vita” da Nars que eu tanto uso. Me empolguei e, desde então, o Fast Play é como o Hue e o Angel, não pode faltar na necessaire!

4. Batom Dolce Vita da Nars: Já postei ele aqui no blog e acho ele bem democrático. Uso tanto nas makes mais leves quanto nas que eu resolvo carregar nos olhos. De todos os da lista, esse foi o que mais usei.

5. Creamy Stick Nude Ipanema, de Make B: A minha cor é a Nude Ipanema, a mais clara. É para fazer uma boca mais pálida, menos “cor de boca”. Gosto bastante e acho prático, não uso em “super maquiagens” mas na rotina, cansei de optar por esse.

Esses são meus “neutros favoritos”, batons que mais tenho usado no semestre! Resolvi aplicar eles na pele para mostrar para vocês:

beleza-batonsSe fôssemos falar só de batons neutros, eu pararia por aqui, já tem produto demais nesse post! Mas como me empolguei mesmo, resolvi compartilhar também os não neutros que eu mais tenho usado!

batons-escuros

Batom do Futi & Cacauí da Phebo

Os dois que faltaram são:

O batom do futi (que já foi post aqui milhares de vezes): Amo o acabamento cremoso e brilhoso dele, adoro a cor (claro) e acho que ele sozinho transforma qualquer maquiagem e look, deixa a mais básica das produções mais poderosas.

O outro que faltou também me encantou se chama “Cacauí” e é da coleção matte de batons da Phebo. Amo essa cor e acho que ela fica linda em muitos tons de pele! Vale experimentar!

Todos eles foram presentes e, sinceramente, todos foram tiros certeiros. Quem ama uma boca básica vai curtir!

Como eu “topei” aderir a disputa que a Carla criou vou ter que escolher campeões entre eles. Resolvi os dividir em categorias de campeões:

Brilho Labial: Estou amando o Belize da Nars.
Batom neutro que acho mais bonito: o Fast Play da M.A.C..
Campeão de uso: o Dolce Vita da Nars (esse eu levaria para uma ilha deserta).
Batom escuro: Ah! Sou suspeita e acho que 2014 é o ano do batom do futi, apesar de estar oficialmente apaixonada pelo Cacauí. Até comprei para dar de presente há alguns dias.

Acho que vou começar a prestar atenção para sinalizar quais deles estou usando nas minhas makes/looks. Até porque estou tentando elaborar mais as maquiagens e to gostando dos resultados (ainda vou fotografá-los, prometo!)

E vocês? Têm um batom preferido que não conseguem mais viver sem?

Beijos

Esse post contém links que se enquadram na categoria de afiliados, explicada aqui no nosso FAQ
21
jul
2014

Cabelos: Bio Extratus e a linha Shitake Plus

Beleza, Cabelo, Publieditorial

Acho que todo mundo aqui sabe que nós duas somos apaixonadas por cabelos. Os nossos são muito diferentes entre si e esse é um dos motivos da gente adorar explorar o assunto no blog.

Hoje vamos falar um pouco de uma marca que já apareceu aqui no blog, a BIO EXTRATUS.  Vocês lembram do post da máscara de camomila que a Carlinha falou por aqui? Então, é dela que estamos falando.

Depois dessa experiência super feliz com o creme, há algum tempo a marca nos procurou e nos chamou para participar de um projeto aqui no blog e, de quebra, escolher uns produtos para testar. Nós adoramos a ideia e já listamos tudo que queríamos experimentar em um primeiro momento.

linha-botica-bioextratusAntes de mais nada, vamos começar contando um pouco sobre a Bio Extratus. A marca tem mais ou menos a nossa idade e foi criada em um salão em Belo Horizonte com a intenção de suprir a demanda de produtos especiais, naturais, de qualidade e com preço competitivo, ou seja, várias coisas boas. Fato é que uma produção artesanal rica em ativos naturais nasceu ali, e em 1991, a marca nasceu como é hoje e ainda foi a pioneira em utilizar óleo de tutano em produtos de cabelo.

Tudo isso se desenvolveu e hoje a Bioextratus é composta de produtos de qualidade e preços bem legais, um bom e barato que a gente adora conhecer, experimentar e compartilhar quando gosta!

Além de apresentar a marca para quem não conhece, a gente vai aproveitar o embalo e falar de uma linha que eles super nos recomendaram: a linha de reconstrução nutritiva que se chama Shitake Plus. Ela foi pensada para recuperar cabelos sem vida, contém nutrientes essenciais para dar mais saúde à fibra do cabelo, desenvolver resistência e dar elasticidade aos fios.

E por que shitake? Bom, o principal ativo da linha é o cogumelo comestível, nativo do leste da Ásia, com antioxidantes e famoso por ser um elixir da vida. A linha tem vários produtos: shampoo, condicionador, máscara, elixir nutritivo e dois finalizadores, um “noite/dia” e o outro termoprotetor.

bio-extratus-shitake-plus

Por aqui, eu resolvi testar a linha. Como tenho usado muito babyliss, sei que tenho castigado muito meu cabelo e preciso cuidar disso, não só tratando mas também prevenindo o problema do calor, usando um bom protetor térmico.

Eu testei várias vezes os seguintes produtos: shampoo, condicionador e os dois finalizadores. Eles são os que eu incluí no meu dia-a-dia. O elixir e a máscara eu estou usando mais esporadicamente, pois dá mais trabalho.

O shampoo não tem sal, o que pro meu cabelo é ótimo por causa da química. Ele demora um pouco mais para fazer espuma mas limpa super bem. Uso o condicionador para amolecer a juba e pentear, e ele facilita o trabalho rapidamente.

Quem quiser experimentar a linha completa pode apostar no elixir para nutrir, enxaguar e, por fim, deixar a máscara agir por 10 minutos. Eu fiz isso no dia que tinha mais tempo e adorei o resultado, como meu cabelo tem as pontas super secas, eu achei ótimo e ele não pesou.

Por fim, minha parte preferida: o leave-in! Eu testei o protetor térmico quando fui usar o babyliss e o resultado me surpreendeu! Antes do termoprotetor eu já tinha dado uma boa castigada nas minhas pontas e achei que o leave-in protegeria mas não esperava que ele as deixassem com aspecto saudável!

Essa linha também conta com dois finalizadores, mas vou falar mais sobre o Finalizador Noite/Dia. Ele foi especialmente desenvolvido para cuidar dos cabelos durante a noite, nas horas de sono. Ele tem nutrientes essenciais para a reconstrução da fibra capilar, que são facilmente absorvidos pelos fios, sem deixar resíduos no travesseiro. E vale caprichar nas partes mais danificadas do cabelo. Essa ideia de continuar tratando enquanto dorme é ótima, mas ainda não usei o suficiente. Vou ficar de olho nesse resultado para falar com vocês em breve!

Meu cabelo (alisado + pontas secas) vem reagindo super bem à essa linha – e olha que ele é dramático! Quem tem um cabelo mais seco, sem vida e que precisa de revitalização pode procurar a Shitake Plus.

E quanto ao ponto de venda, todo mundo perguntou no outro post e vou responder por aqui! Os produtos são vendidos em supermercados, farmácias, lojas de produtos de beleza, salões de beleza, entre outros. Eles são distribuídos por todo o país, então acho que não deve ser complexo de encontrar. Eu, por exemplo, encontro na Farmácia do Leme, a Ca achou o dela na farmácia de Búzios, enfim…

Quem quiser saber exatamente onde achar, pode entrar em contato com o SAC Bio Extratus: (31) 3855-3002 ou enviar um email para sac@bioextratus.com.br

Bom, espero que vocês tenham gostado de conhecer melhor a marca e a linha de Shitake, já deu pra ver que o que não vão faltar são produtos para testarmos.

Beijos

publipost

Página 12 de 115« Primeira...1011121314...203040...Última »