Você está navegando na categoria: "Beleza"

13
ago
2014

Ringue da beleza – base líquida!

Beleza, Make-up

Eu tive uma época da vida que eu praticamente detestava base. Era só eu colocar uma camada (por mais leve que fosse) para ter certeza que eu parecia uma boneca de cera, que tava com reboco na cara. Não gostava da textura, do modo de passar, de nada.

Até que eu descobri que meu problema estava no tipo da base que eu usava, em pó. No dia que eu experimentei a primeira base líquida – a famosa Face & Body Foundation, da MAC – eu não quis saber de outra coisa.

Fiquei milênios com a F&B e usava para todas as ocasiões, até descobrir a Diorskin Forever, que virou minha base oficial para eventos especiais.

As duas acabaram, eu fui ganhando umas, experimentando e comprando outras e hoje eu acho que tenho um time com poucas e boas bases líquidas! E apesar do número não ser grande, resolvi botá-las no ringue!

BASES-LIQUIDAS
1 – Stay All Day, da Stila: Ganhei essa base em um evento da Sephora e demorei um tempão para gostar dela, e tudo culpa da falta do pump. Em compensação, ela vem com um pincel – e o melhor – e um corretivo na mesma cor da base, e como eu adoro produtos práticos, isso ganhou milhões de pontos na minha escala imaginária. Como o corretivo é acoplado na tampa, em viagens onde preciso ser mais econômica, nem penso duas vezes na hora de levá-la! A cobertura é alta e confesso que preciso tomar cuidado para não exagerar, mesmo assim, as vezes acontece de sair mais do que eu gostaria, mas acho que isso está relacionado com o fato da base ser um tom mais escura que a minha pele. Ela é uma das poucas desse post que vendem no Brasil, mas o preço não é dos melhores (mas só o fato de vir corretivo junto já justifica um pouquinho! rs), R$220.

2 – Genius Gel Super Charged, da Marc Jacobs: Ganhei essa base em um outro evento da Sephora onde fui maquiada com os produtos da marca. A cobertura dela parece leve, mas pode ser muito generosa e com boa durabilidade. Ela deixa a pele iluminada nos lugares certos e eu tenho uma sensação de hidratação que eu não sinto nas outras bases. Sabe cara de saudável, de “nasci linda”? Essa é a impressão que eu tenho quando uso ela! Se eu tenho algum evento de dia, ela costuma ser a minha escolha, mas uso bastante à noite também. Ela custa US$48 (sem as taxas).

3 – Super Stay 24h, da Maybelline: Dos produtos BBB, para mim, essa base faz o serviço completo. Tem uma cobertura que eu considero alta, acabamento opaco e uma durabilidade bem surpreendente. Costumo usá-la bem de leve porque se pesar a mão corre o risco de “rebocar”, mas é algo que dá para dosar, nem considero um defeito! Aliás, o defeito dela é a falta de um pump. Eu, pessoa cujo sobrenome é desastrada, desperdiço MUITA base por causa disso, chega a dar pena. O preço está por volta dos R$40 e a Jô já falou dela, para quem quiser ler outra opinião!

4 – Perfect Luminous Liquid Foundation, da Dolce & Gabbana: A maquiadora da D&G usou essa base em mim em NY no começo do ano e, na hora, achei linda mas nem dei muita bola. O dia foi passando, eu fui vendo que a base continuava intacta, a pele sedosa e sem imperfeições (a cobertura é média/generosa e cobre bem com pouco produto!). Resultado, me arrependi de não ter comprado na hora. Comprei dois dias depois e considerei uma das melhores compras da viagem! Ela não é barata, paguei algo em torno de US$70, mas virou a minha base de dias especiais (e tomou o lugar da Diorskin, que tinha acabado pouco antes de eu viajar!). Ah, e tem FPS 20.

No quesito duração – isso é, se acaba rápido ou não – as que têm o pump naturalmente tendem a ser mais econômicas, mas não vejo uma diferença tão gritante assim.

Agora que todas foram para o ringue, preciso admitir que essa foi a decisão mais difícil da categoria. Cada uma tem seu ponto muito forte e o ideal seria escolher uma para o dia e outra para a noite, mas aí ia perder o sentido desse tipo de post, né?

Pensando muito bem e friamente, se eu tivesse que escolher apenas uma, seria a base da Marc Jacobs.Apesar de não ter fator de proteção (o que quase fez a D&G ganhar), eu acho que ela é a que consegue deixar minha pele mais bonita, mesmo com pouco produto. Sem contar que o preço é intermediário, nem um absurdo, nem das mais baratas.

Apesar de ter feito minha escolha, confesso que terminarei esse post ainda com dúvidas! E vocês? Tem outras para acrescentar à lista?

Beijos!

Carla

12
ago
2014

Clareando minha pele (oleosa): creme + luz pulsada!

Beleza, Jabá que nós amamos:, parceria, pele

No inverno do ano passado eu quis começar a fazer sessões de luz pulsada para dar uma clareada na pele. Terminei em meados de outubro e amei o resultado!

Com as duas viagens para o nordeste e os belos dias de praia, minhas pintinhas e manchinhas foram pigmentando novamente e contrastando bastante com o fundo da minha pele, que continuava bem clarinho. Por isso eu quis dar uma atenção para essa parte de pigmentação, e tentar deixar a cor mais uniformizada, para aproveitar essa pele iluminada que eu tanto gostei.

Um pouco antes de fazer o preenchimento (que contei aqui) abri um creme que ganhei da SkinCeuticals, o Advanced Pigment Corrector. Mesmo amando a marca e usando 3 vidrinhos dela no meu dia-a-dia, eu fui sem expectativa, comecei a usar e esperei para ver no que ia dar. Em menos de 14 dias eu comecei a sentir a pele mais iluminada, uniforme e com um viço que não sei explicar bem.

Semana passada contei nesse post que falaria desse produto. Eu estou amando.

Semana passada comentei nesse post que falaria desse produto. Eu estou amando.

Depois desse tempo, chegou o dia de fazer minha nova sessão de luz pulsada com a Dra. Vanessa Metz, e essa sozinha já deu uma diferença ótima, um resultado ainda mais legal do que os que tive no ano passado com as 3 primeiras. Pelo que saquei, se eu fizer uma ou duas vezes por ano, vou conseguir manter a pele menos manchada e mais homogênea em termos de pigmentação. Hoje eu estou 100% satisfeita com o tom da minha pele.

Assim que eu eu fiz a última sessão, deixei tudo cicatrizar nos primeiros dias usando meu hidratante de gel também da SkinCeuticals (chama Hydrating B5), mas em dois ou três dias já estava usando de novo o Advanced Pigment Corrector. Ele continuou me surpreendendo, se já muito satisfeita com o resultado antes, imagina agora? Achei melhor do que nunca nesse quesito!

O creme em questão é um tratamento despigmentante profundo, que trabalha da derme até a epiderme. Ele possui tecnologia avançada na remoção de manchas da pele. No meu caso, a transformação foi tão visível aos olhos que já quis garantir outro produto, estou viciada e usando duas vezes por dia (inicialmente usava uma).

O produto não é apenas o meu queridinho, ele ganhou o prêmio de um dos produtos mais inovadores de 2013 na competição Allure Best of Beauty Breakthrough. Ele promete melhorar a hiper pigmentação, prevenir o reaparecimento das manchinhas, uniformizar a cor da pele e também é eficaz em todos os tipos e tons de pele.

resultado-antes-e-depois

Antes e depois da sessão de luz pulsada desse ano, o claramente é sutil mas ao vivo o resultado é mais interessante. Já o creme eu comecei a usar uns dias antes da primeira foto.

Eu senti tudo isso que citei, mas confesso que o mais me deixou feliz foi o fato dele não deixar a pele oleosa. É muito raro eu poder usar um creme desse tipo (ainda mais “cremoso” mesmo) na minha pele com tendência a acne. Nunca um produto dessa natureza deixou minha pele tão boa, tão sedosa (acho essa palavra cafona, mas é a que melhor define o que eu senti).

Foi um desses presentes que eu amei, eu fui sentindo o efeito e adorando! Como disse anteriormente, já estou com outra caixa fechada para a hora que esse acabar, não posso e não quero ficar órfã dele agora.

Só acho que em meio a tanta paixão preciso deixar claro que a luz pulsada tem grande importância nesses meus resultados tão rápidos, acho importante alinhar expectativas com o médico sempre. No meu rosto, os dois tratamentos combinados deram um resultado muito legal.

Vocês têm algum outro produto que ajuda a combater e/ou reverter essa pigmentação da pele?

Beijos

6
ago
2014

Cabelo: linha Absolut Repair Cortex Lipidium

Beleza, Cabelo, Jabá que nós amamos:

Há algum tempo eu vinha sentindo meu cabelo reagir muito pouco a novos shampoos e afins. Para quem não sabe, já fui viciada no Penetraitt, numa dupla da Lush e agora ele estava mais do mesmo.

Tudo começou a melhorar quando mês passado comecei a usar a linha de shitake super hidratante da Bio Extratus. Senti meu cabelo dar uma boa melhorada e como amo os cremes da marca, me empolguei e já estou com mais novidades para experimentar. Só que entre uma linha e outra, resolvi também colocar pra jogo um novo kit que ganhei da L’Oréal Professionnel.

Há um tempo atrás, eu ganhei o shampoo e o condicionador Mythic Oil e não amei. Achei que até dá um brilho, mas em um cabelo mais seco e quimicamente modificado como o meu, o resultado não foi dos mais expressivos (por isso nem contei por aqui). Portanto, quando experimentei essa linha da “Série Expert” fui sem nenhuma expectativa e tive a maior das surpresas!

loreal-absolut-repair-cortex-lipidium-2 loreal-absolut-repair-cortex-lipidium

Peguei meu cabelo num dia mais difícil e fui à luta: lavei com o shampoo Absolut Repair Cortex Lipdium – reconstrutor instantâneo para cabelos muito danificados, em seguida passei o condicionador e apliquei o Primer Repair Lipidium, deixando por 5 minutos. Como queria um tratamento super intensivo, usei a ampola toda e não me arrependi. Após lavar e secar na toalha apliquei o Sealing Repair Lipidium, leave-in para selar as pontas duplas, ele é ótimo. Como meu cabelo só fica bom com leave-in pesado, “sujei” o cabelo de SH-RD (meu vício da vida) depois. Repeti o procedimento algumas vezes desde então. Tenho tentado usar uma vez por semana para preparar a juba para o calor do secador.

Eu usei muito L’oréal Profissionel quando mais nova, mas já fazia um tempo que eu não usava e confesso que essa linha foi uma grata surpresa. Ok que é para cabelos muito danificados, o que acaba sendo meu caso, que apesar de ter um fio saudável, uso muita química que estraga um pouco as madeixas.

Se você está brigando com os cabelos, se eles estão muito danificados, se suas pontas estão ruins e você está procurando uma boa linha para tratamento em casa, eu diria para investir nessa versão nova da Absolut Repair, a Cortex Lipidium.  Eu cuido uma vez por mês no salão, o que é fundamental no meu caso. No entanto, de nada adianta sem uma boa manutenção caseira (boa, nesse caso, não quer dizer cara, quer dizer de qualidade).

Para saber mais detalhes técnicos da linha eu recomendo esse post do blog do Studio W.

Eu super aprovo e pretendo comprar mais quando esse kit acabar, só o leave-in que não sei se vale tanto a pena para o meu caso.

E vocês, tem novos produtos para usarmos na hora de lavar os cabelos?

Beijos

Página 18 de 123« Primeira...10...1617181920...304050...Última »