Você está navegando na categoria: "Jabá que nós amamos:"

14
dez
2014

Pele: sabonete líquido Puriance!

Beleza, Jabá que nós amamos:, pele

Há poucos meses ganhei um sabonete líquido para o rosto de uma marca que eu não conhecia, a Profuse, do laboratório Aché. De início não experimentei pois sou bastante medrosa com a pele e achei ousado testar uma marca que é nova para mim sem falar com a dermatologista. Depois de uns dias olhando para ele, resolvi dar a chance do produto me surpreender, se não ficasse bom era só suspender.

O sabonete líquido da linha de limpeza Puriance é indicado para peles oleosas ou mistas. O que ele tem de diferente dos meus outros? Um pouco de ácido salicílico na sua fórmula. Por isso que digo que foi ousado testar sem falar com a Vanessa, mas de cara já gostei do resultado. #ufa #elaiamematar

sabonete-de-rosto-Deixei no boxe e fui notando que ele estava dando certo para meu rosto, achei que deu uma boa resposta na minha testa oleosa. Mesmo sem anticoncepcional, eu senti que ele ajudou. Ele não é tão “seco” quanto o anti acne em barra da Granado mas sem dúvida ele foi seco numa medida boa para mim.

Quando minha testa fica parecendo uma frigideira propriamente dita, e eu preciso que tudo fique mais seco, sempre volto nos dois em barra que já falei aqui blog (o La Roche Posay e o Granado). Na rotina não fico só nesses para a pele não ficar seca demais e a maquiagem não “craquelar”. Por isso acho importante ter essas alternativas líquidas.

Eu posso chamar o Puriance de “surpresa boa” com certeza, como vocês sabem, sou bem chata com essa categoria de produto e ele passou no meu teste. O único detalhe é que se eu tivesse que indicar para uma amiga, eu diria que ele é mais para peles oleosas do que mistas, como diz na embalagem.

detalhe-saboneteOnde comprar? Acredito que nas farmácias da vida, eu acabei de achá-lo em algumas inclusive online na Panvel e o custo benefício está bem legal na maioria delas. Confesso que procurando por ele na internet achei várias lojas que só vendem a versão em barra. Fiquei com vontade de testar. Alguém já usou?

Vou falar para a Dra. Vanessa dar uma olhada na fórmula, quem sabe ela testa também? Sempre digo e repito que temos que alinhar nossa rotina de pele com a dermatologista. Esse foi um impulso dentro de um ambiente controlado, ainda mais no meu caso, que vou na dermatologista com muita, muita frequência. Quem não tem uma pele fácil, aconselho testar só depois de conversar com seu médico de confiança!

Eu fiquei interessada na marca, se eu receber mais novidades eu conto para vocês.

Alguma parceira de pele oleosa já usou?

Beijos

9
dez
2014

Beleza: BB Cream para peles oleosas da Maybelline

afiliado, Beleza, Jabá que nós amamos:, Make-up, pele

Novembro foi um mês de bons lançamentos para a pele, e por questões de tipo de pele, eu nunca imaginaria que seriam lançamentos que eu aproveitaria. Por sorte, ambos foram gratas surpresas.

Os dois produtos aos quais me refiro são BB Creams. O primeiro é para a região dos olhos e foi post aqui há algumas semanas, o segundo é um produto da Maybelline muito esperado no Brasil, o BB cream para peles oleosas, o Dream Oil Control.

Os produtos que estou usando nos dias que não preciso fazer uma maquiagem mais elaborada.

Os produtos que estou usando nos dias que não preciso fazer uma maquiagem mais elaborada.

Eu já contei para vocês que eu evito experimentar qualquer tipo de BB Cream por causa da pele oleosa, né? Quando eu viajo sempre uso, mas no Rio poucos são os que funcionam para mim. Esse lançamento de controle de oleosidade aparentemente é um deles, já que ele funcionou muito bem no meu rosto.

O que ele tem de diferente? Esse BB Cream que diz ser 8 em 1 tem na sua fórmula 2% de ácido salicílico, o que para mim foi tranquilo já que nessa concentração ele não causou nenhuma reação na minha pele fresca.

BB-cream-1O que eu senti na prática? Esses dias eu testei algumas vezes o combo Eau de Beauté, protetor solar, corretivo (ou melhor, BB cream para os olhos) e esse lançamento 8 em 1. Usei ele no lugar da base e achei que foi uma grata surpresa para o dia-a-dia. A pele ficou iluminada mas sequinha (inclusive na testa) e com uma cobertura natural. Ele tem proteção solar, mas infelizmente o fator 15 não dá conta da minha brancura.

Para mim, o único ponto negativo foi que a cor clara ficou mais clara do que eu gostaria. Na verdade, a cor até se adaptou bem, mas fiquei com vontade de comparar o tom médio para ver o que eu sinto.

antes-e-depoisO fato de ter 2% do ácido promete ajudar a minimizar a aparência dos poros e reduzir o brilho da pele. Como eu estou fazendo laser, não posso atribuir a diminuição dos poros ao produto, no entanto, a testa sequinha foi realmente algo que notei de forma muito perceptível. Testei usando o dia inteiro algumas vezes e no fim do dia a testa estava menos oleosa do que de costume.

Assim como o tal dos olhos esse também tem um excelente custo benefício! Ele custa em torno de R$30 Dilmas e ao meu ver vale a pena arriscar.

Para quem ficou curioso vale informar que o Dream Oil control ainda pode ajudar com as imperfeições da pele, funcionando como um tratamento que começa a fazer efeito em 4 semanas. Como eu não estou fazendo uso diário e não estou usando há tanto tempo, não posso falar dessa característica do produto.

Em vários dos meus posts de lançamento escolho um outro post sobre o mesmo produto para complementar o meu e hoje vai ser a resenha do Coisas de Diva. Eu amo os posts das meninas, elas são super especialistas. Nesse caso, tivemos algumas impressões diferentes e justamente por isso achei legal dividir com vocês, afinal, cada pele é uma pele e cada cidade tem uma umidade singular.

Eu acho que vou aproveitar muito esse produto nos dias que tenho menos compromissos importantes e posso pular a base. Vamos ver…

Beijos

23
nov
2014

Experiência: como a Gillette me ajudou com a foliculite.

Beleza, Jabá que nós amamos:, pele

Outro dia me dei conta que nunca contei muito sobre meus processos de depilação por aqui, só falei do laser que eu andei fazendo na Clínica da Dra. Vanessa e nada mais. A verdade é que eu não fui parar no laser por acaso.

Quando novinha, eu depilava tudo com cera quente e fria. Eu era escrava de fazer a virilha, axila, buço e meia perna no salão. Com o passar dos anos, fui tendo crises de foliculite e ficava com a pele toda inflamada da depilação (principalmente virilha e axila). Ainda antes dos 17, levei o caso para a dermatologista e ela me contou que eu tinha essa reação por causa da depilação no salão, por isso, achava que era legal alternar o método para a lâmina até eu me organizar para fazer o laser.

Foi assim que comecei a fazer a virilha, axila e meia perna com gillette e buço + sobrancelha com pinça (antes da linha entrar na minha vida). Foram alguns anos usando a Mac 3 até eu começar o laser. Já terminou a virilha há um tempo e a axila terminei ano passado, aliás, parei pois ficaram uma meia dúzia de pelos que hoje tiro com a lâmina. Desde 2010 eu uso a Fusion, masculina com 5 lâminas. Ela resolveu muito bem minha vida até agora.

FUSION

Apesar de adorar o resultado do laser, não tenho paciência para fazer na meia perna, por isso, não me vejo hoje longe da “depilação de banho”. O hábito de raspar a perna é presente na minha vida há uns 10 anos e vivo bem assim, o custo benefício e a praticidade falam mais alto.

Agora vamos ao que interessa? Esses dias eu ganhei um lançamento fantástico da Gillette Venus, linha das lâminas femininas da marca que quase dá nome à categoria de lâminas de barbear. Acho que nunca usei uma que não fosse da empresa. Pois bem, a que chegou aqui em casa se chama: Gillette Venus Breeze. Ela é 2 em 1 por ter uma barra de gel acoplada de forma que não é preciso usar sabão, espuma ou gel.

VENUS-GILLETTE-2 GILLETTE-VENUS-BREEZE

Quando o aparelho chegou eu já sai postando no insta sem nunca ter usado, e mesmo no horário de baixos pontos do ibope, os comentários não poderiam ser melhores. Claro que tudo só me deixou mais animada para testar e no fim de semana, dito e feito: testei para dividir com vocês minhas impressões. Que foram bem legais.

A Breeze tem 3 lâminas, o que é muito superior as anteriores (eu não me dou bem com duas, por isso sempre optei pelos modelos masculinas). Ela é para peles sensíveis, o que acaba sendo o caso das mulheres e, por fim, ela vem com o gel lubrificante que ajuda muito na hora da aplicação. Acho que nem tem comparação com as outras versões femininas!

O único detalhe é que achei que é preciso dar uma pressionada maior na haste por conta do volume do gel, mas isso não é defeito, é só um detalhe de uso. Pelo que pude notar, os pelos estão crescendo numa velocidade muito parecida com a da Fusion, que eu já adorava (eu tinha um espaço de tempo relativamente grande entre uma utilização e outra).

A verdade é que achei fantástico ver um produto feito para as mulheres ganhar mais espaço e trazer mais inovações. Acho muito importante termos produtos de tamanha qualidade desenvolvidos para as nossas necessidades, e acho fundamental que a lâmina do mercado feminino evolua como a do mercado masculino. A tecnologia tem que ser a favor da praticidade e dos cuidados pessoais. Minha meia perna agradece, e muito.

Adorei conhecer o lançamento de Gillette Vênus Breeze, já estou me vendo comprando o refil, acho que numa escala menor do que eu comprei de Fusion em Londres! hahaha

Beijos

Obs: para quem não sabe a tag “jaba que nós amamos” significa que recebemos o produto de presente, experimentamos e quisemos postar, por conta própria. Para saber como funcionam essas tags do blog você pode ler nosso FAQ.
Página 1 de 3112345...102030...Última »