24
jul
2014

Arno auto style: meu primeiro modelador de cachos!

Beleza, Cabelo

Eu me fiz algumas promessas para 2014 e tenho consciência que duas delas vão parecer realmente fúteis para vocês, mas para minha auto estima, para o universo do meu trabalho e para o blog, não são.

Foram elas: me maquiar mais e melhor (arriscando mais, testando mais e ousando mais) e aprender a fazer diferentes efeitos no meu cabelo e sair da escova normal para uma escova mais modelada, com cachos na ponta ou mesmo cachos por todo o cabelo.

Ando brincando bastante na maquiagem e estou adorando, e dividir essas minhas experiências com vocês é algo que está nos meus planos de um futuro breve.

No quesito cabelo acho que já deu para notar que estou um pouco mais desinibida. no instagram, por exemplo, algumas pessoas andaram comentando isso. E esse é o tema de hoje, minhas novas brincadeiras para produzir o cabelo.

No início, peguei emprestado um baby liss fininho de uma amiga e, de outra, experimentei o “pseudo miracurl” da Conair, que por incrível que pareça, resultaram em ondas bem diferentes.

De cara optei por comprar um baby liss, não tão fino quanto o que eu havia testado, mas um médio. Ainda quero ter um fininho, mas por enquanto, as minhas economias foram direcionadas a um modelo com mais tecnologia.

autostyle

Meu modelador, pomada para queimadura e dois dos bons protetores térmicos que tenho usado.

Busquei um que fosse prático, confiável (em termos de material e proteção do fio) e de qualidade. Após algumas pesquisas, vi esse vídeo do Garotas Estúpidas e resolvi comprar um igual ao da Camila, só que com a intenção de usar a função “automática” dele.

Como babyliss é uma marca, a Arno chama esse modelo de “Modelador Arno Professional Beauty Auto Style“. Nesse nome de família real, o que realmente importa é a informação “auto style” ,pois existe uma função que gira no sentido horário e anti horário automaticamente. A Camila conta no vídeo que não usa, eu já testei das duas formas e para mim, são dois cabelos completamente diferentes – o que é um ponto super positivo, já que o aparelho acaba me dando mais opções de cachos.

Eu pesquisei MUITO qual aparelho comprar e acabei optando por esse por esquentar bastante e ter um revestimento que me pareceu evoluído. No site, eles afirmam que o revestimento Ultrashine Nano Ceramic e Turmalina garante brilho natural aos fios e protege a fibra capilar ao mesmo tempo. No meu caso, proteger a fibra capilar é o fundamental. Ele tem duas temperaturas, 1 e 2, sendo que a 2 chega a 210ºC, o que me seduziu completamente, mas confesso que na prática eu achei a 2a. temperatura muito quente.

Na primeira vez que eu testei, usei o modelador na temperatura 2, sem a função de “giro automático”, no sentido contrário que a Camila comenta no vídeo e deixando o bastão quente no sentido da minha testa… Adivinhem o que aconteceu quando eu estava terminando o cabelo? Uma queimadura tensa! Na mesma hora liguei para a Dra. Vanessa Metz, que me deu a receita de uma pomada chamada “Dermazine” que solucionou o caso com o passar de poucos dias. Sim, essas coisas super acontecem comigo.

Como investi “pesadinho” no aparelho, resolvi que iria aprender a lidar com ele e, de fato, estou ficando cada vez melhor. Tenho testado diferentes protetores térmicos para não acabar com minhas pontas e usando sempre na temperatura 1. Tenho tentado deixar o meu pulso perto da testa e o bastão de calor para baixo (quando não uso a função automática). Aos poucos estou pegando o jeito e, quem sabe, em breve não rola um vídeo (quando eu estiver fera, claro!)?

Eu estou adorando esse babyliss da Arno, acho que foi uma das melhores compras que fiz nos últimos meses. No entanto, continuo empolgada para comprar um “Miracurl”, seja o da Babyliss (que postei aqui) ou da Conair (esse do Passando Blush). Também adorei um modelador super diferente que a Camila Coelho postou no canal em inglês lá no Super Vaidosa. Ou seja, daqui a pouco vou ter uma coleção se eu não me controlar #calmajoana

Quem me conhece sabe que eu não sou a louca das compras, mas não posso negar que quando o assunto é preservar o cabelo, cuidar dele e deixá-lo mais bonito, eu perco a noção. Tenho certeza que preciso dos 3 aparelhos em casa, além da minha escova que esquenta e do meu secador Parlux . Sendo assim, não me tomem como padrão, levem daqui a experiência com esse aparelho que andou esgotado mas voltou para os estoques.

Agora voltando ao “pseudo babyliss”, eu resolvi compartilhar com vocês as dicas de vários blogs que deram super certo pra mim:

- Não passar muito condicionador & leave-in antes.
- Secar o cabelos com as mãos, e não com o secador, afinal, em teoria não podemos fazer nada nele molhado.
- Passar mousse na raiz quando quiser mais volume.
- Quase ninguém fala em protetor térmico mas para mim é fundamental, já que minhas pontas começaram a sentir com essas brincadeiras modeladoras. Assim que terminar de testar uns 2 ou 3 que estou usando agora, vou falar nisso por aqui.
- Usar spray fixador
- Fazer no dia seguinte. Meu cabelo seca liso, então, se eu fizer o cabelo no dia seguinte dá super certo e até segura mais, no entanto ainda não conversei com a Jussara para saber se isso estraga os fios ou aumenta a chance de danificar. Ainda assim, passo o protetor imediatamente antes de começar com o modelador.

Alguns produtos que estão na minha lista do momento são: essa linha Bossanova da Cadiveu que a Ca contou aqui e o Small Talk da Bead Head que a Carol postou no TDN. Acho que ambos serão produtos que poderão me ajudar nesse momento.

Assim que eu estiver PHD em cachos (com cabelo protegido), vou fazer um vídeo ou fotografar os passos que faço para mostrar pra vocês. Enquanto isso, vou dividir apenas os resultados finais:

fotos cabelos cacheadosEspero que eu encerre 2014 com uma maior versatilidade neste meu cabelo alisado, isso acontecendo, eu vou dividir tudo com vocês!

Quem tiver boas dicas de produtos ou aparelhos com essa finalidade pode compartilhar comigo. Eu vou adorar!

Beijos

23
jul
2014

#futinoprovador: Renner, Riachuelo e Topshop

Fast Fashion, Looks, Moda, Provador

Geralmente eu deixo para fazer fotos de provador quando lança alguma coleção especial, mas acho que eu não preciso esperar tanto para fazer foto no provador (até porque nem sei qual ou quando vai ser a próxima coleção grifada).

Ontem eu fiquei “presa” no shopping das 17 às 20h por causa do rodízio, e como eu me vi com 2h livres sem muita coisa pra fazer além de esperar, resolvi dar um giro na Riachuelo e na Renner para ver as novidades e, enquanto enchia a sacola para levar para o provador, pensei em mostrar para vocês o que eu achei por aí! Que tal?

fast-fashion-riachuelo-novidades-julhoA Riachuelo foi a loja onde achei mais coisas interessantes! Amei os moletons com as mangas bordadas e fiquei apaixonada pelo tricot de listras com paetês (to viciada em paetês ultimamente, acho que to quase precisando de uma rehab) – pena que esse que eu experimentei era o último no meu tamanho e estava com um fio muito puxado!

Achei o short xadrez uma graça e acho que se eu morasse no Rio, provavelmente eu levaria sem nem piscar. Amo xadrez e uso em qualquer época do ano, mas essa padronagem específica eu acho invernal demais, tenho bloqueio nas temperaturas mais altas! hehehe E como ultimamente SP anda um gelo, não tenho nem coragem de pensar em short!

Por último, um achado – que pelo menos eu considero um achadão! rs Fiquei louca com esse anel de “pérolas” que vi quando estava já saindo da loja. Achei ele super bem feito, fica lindo no dedo e o preço bastante justo! Esse eu levei sem nem pensar duas vezes! hehehe

rennerNunca me decepciono com a Renner, mas dessa vez eu achei pouquíssimas coisas legais por lá. Ando numa fase de experimentar as roupas pelo toque. Vi camisas lindas que no toque já dava pra ver que eram de um poliéster que nem tentava imitar seda, aí desisti. Por isso, levei apenas 4 peças para o provador, sendo que uma era uma camiseta para malhar e a outra era uma blusa de manga comprida rosa, tão básica que achei que nem valia a pena o registro. Que bom, porque meu celular acabou a bateria logo depois da primeira foto que eu tirei do vestido!

Aliás, o vestido eu achei o máximo! O tecido não é nada demais, uma malha, mas achei o efeito das franjas bem divertido (e sexy, admito hehe), sem contar que é mais tendência impossível! Não levei por motivos de: no momento não me permito ter mais um vestido preto no meu guarda roupas – e também porque me acho atrapalhada demais para essas franjas! hehe

O tricot de listras e estrelas eu sabia que ia gostar já que sou alocka dos tricots tanto quanto sou alocka dos paetês, mas não imaginava que ele ia vestir tão bem. Os rasgadinhos (que não aparecem na foto) são um desafio para a minha coordenação (sou dessas que prende na maçaneta da porta, que engancha o tricot nas bijoux, etc, etc, etc), mas não resisti e acabei levando!

Já a bolsa eu achei o máximo! Bem parecida com aquela Céline Trio e, particularmente, eu acho super prática (de um lado bota documentos e dinheiro, do outro celular e chave do carro, fica fácil de achar tudo!). Quem está procurando uma bolsa transpassada que é pau para toda obra, eu sugiro dar uma olhada nessa – ou nesse tipo de modelo!

topshop-saia-midi

Por último, vou aproveitar para mostrar essas saias que achei na Topshop no fim de semana! Já tem um tempo que eu ando de olho em saias midi, e nem pensei duas vezes ao levar ambas para o provador.

A primeira, que é mais laranja e menos rosa do que mostra a foto, tem uma modelagem linda, mas marca que é uma beleza. Já a segunda eu fiquei super na dúvida se levava ou não. Acabei não levando nenhuma porque ainda estou em dúvida se vou me adaptar à esse comprimento ou não!

Gostaram desse tipo de post? Acham que a gente deve incluir mais dele por aqui??

Beijos!

Carla

23
jul
2014

As mochilas grifadas

Acessórios, Bolsas, Moda

Depois da mochila da Chanel, a gente achou que essa vibe “mochileira chic” tinha atingido seu ápice e, muito em breve, começaria seu rumo ladeira abaixo até cair no ostracismo por mais alguns anos.

Que nada, nos enganamos lindamente! Outro dia, vendo as novidades nos sites gringos, reparamos um movimento que nos deixou bem intrigadas: várias marcas lançaram a versão mochila de seus modelos mais famosos!

tendencias-mochilas

A Dumbo de Alexander Wang, a Falabella da Stella McCartney e a Pashli de Phillip Lim são alguns dos exemplos que notamos recentemente. Modelos que são lindos como bolsas, mas como mochilas….

Sabe aquela história que “a coisa é tão boa que se melhorar estraga”? Essa foi nossa sensação! E olha que nem somos avessas à mochila, é um acessório prático e que pode ser estiloso de alguma maneira!

De todos os modelos, o mais interessante é o da Phillip Lim, de longe! Por ser muito parecido com a Pashli original, dá para usar de várias outras formas, mas mesmo assim, se tivermos que escolher entre a mochila ou a transpassada, alguma dúvida de qual seria nossa escolha?

pashli-mochila-phillip-lim

Achamos que depois dessa fase, as “mochilas design” não vão demorar muito para caírem no ostracismo. O que vocês acham? São estilosas o suficiente para aguentarem mais algumas temporadas? Ou já deu o que tinha que dar?

Página 3 de 78312345...102030...Última »